Como fazer uma apresentação de imóvel para venda

Psst! Trabalha num mercado altamente competitivo como o setor imobiliário? Precisa de conhecer as melhores estratégias para vender casas que nem pãezinhos quentes? Então está no artigo certo! Naquele que vai desvendar algumas dicas para fazer uma apresentação de imóvel para venda capaz de causar uma boa impressão que resulte em lucro.

Não tenha a menor dúvida! Para fechar vendas, tem de ajudar os seus clientes a visualizar as melhores características de uma propriedade e responder com clareza a todas as suas dúvidas. Esse é o momento decisivo para prosseguir com a negociação e, como tal, deve ser pensado e desenvolvido com base nalguns critérios que encantam os compradores, e sobre os quais falaremos já de seguida! Mas antes…

O que é uma apresentação de imóvel?

É a última etapa em que o consultor imobiliário ou o proprietário, abre as portas e enceta uma visita física? Não! Neste artigo vamos centrar-nos na apresentação de imóvel antes da visita que, embora seja a fase decisória, precisa de ser antecedida por informações apelativas… senão seria impossível agendá-la, não é verdade?
Portanto, a apresentação de imóvel para venda compreende a fase em que o comprador entra em contato com uma casa até ao momento em que finalmente a visita. Qual o objetivo? Encetar um primeiro contato com um lead, transformando-o em potencial cliente!

Como fazer uma apresentação de imóvel para venda?

Não há uma fórmula mágica para fazer uma apresentação de imóvel para venda, mas existem algumas dicas valiosas para desenvolvê-la de forma a gerar valor e eliminar dúvidas, e assim tornar potenciais interessados em clientes satisfeitos. Tome nota!

1. Utilize ferramentas de marketing digital

O marketing digital é fundamental para qualquer consultor imobiliário, já que os clientes, antes de pegarem no telefone ou se dirigirem a uma agência, pesquisam por casas na Internet. Ora, sabendo que o Google é o primeiro recurso, o melhor é mesmo usar e abusar das novas tecnologias e das modernas ferramentas de marketing digital para colocar os seus anúncios de imóveis nas primeiras posições dos resultados de pesquisa e atrair mais leads até ao seu site.

Além dos anúncios de imóveis (inclusive, através de links patrocinados), deve investir em email marketing para apresentar novas propriedades aos seus contactos e em publicações em redes sociais (não esquecer o WhatsApp!), entre outras técnicas que podem despertar o interesse dos internautas e alavancar as vendas.

2. Conheça a sua persona

É verdade que tanto pode atender pela manhã, um jovem solteiro à procura de um T0 no centro da cidade, como atender durante a tarde um casal de reformados em busca de um refúgio no campo. Porém, deve conseguir definir a persona ou cliente tipo de cada propriedade, de modo a melhor orientar o processo de negociação para esse perfil de cliente. Por isso, perceba quais são os sonhos, interesses, necessidades e hábitos de consumo dos seus clientes, para conseguir criar uma apresentação de imóvel capaz de mostrar-lhes que tem o imóvel que procuram!

3. Visite o imóvel com antecedência

Antes de acompanhar os seus clientes, deve visitar o imóvel sozinho para analisar todos os detalhes com olhar crítico: da pintura das paredes à iluminação; do estado das portas, janelas e azulejos às condições do piso; da instalação elétrica à rede hidráulica; da limpeza aos odores que povoam o ambiente.
Ops! Encontrou um problema? Então resolva-o antes de fazer a apresentação de imóvel para venda ou, em alternativa, seja honesto e deixe essa situação bem clara na hora da visita. Afinal, nem todos os clientes têm a expetativa de poder comprar casa nova a estrear.

4. Prepare o imóvel para receber visitas

Ainda que esteja ocupado pelo atual proprietário, é importante preparar muito bem o imóvel antes das visitas e isso significa, zelar pela limpeza, arrumação e condições da casa, se possível deixando-a com ar de local neutro. E sabe porquê? Os clientes têm dificuldade em imaginar como sua, uma casa que notoriamente pertence a outras pessoas, com brinquedos espalhados pelo chão, fotografias de família nas paredes, caixas de cereais nas bancadas da cozinha…

5. Evidencie as qualidades do imóvel

É fundamental conhecer bem todas as características dos imóveis que tem em carteira para encontrar os melhores argumentos de venda, expor todas as informações úteis e, claro, responder às dúvidas que os seus clientes possam colocar.

É óbvio que sabe de cor e salteado qual é o número de quartos e casas de banho, mas será que também conhece a vizinhança do T3? A orientação solar do apartamento junto ao mar? A necessidade de reparar a canalização na moradia com piscina?

Lembre-se que um bom consultor imobiliário tem o dever de fazer sobressair as principais qualidades de uma casa e para isso, tem de conhecer a fundo os imóveis que pretende vender: construção, estrutura, arquitetura, design, localização, documentação, etc.

6. Fale dos benefícios da região

Como bem sabe, vender uma casa é, mais do que vender um bem, vender qualidade de vida, conforto e bem-estar. Precisamente por isso, deve conseguir passar todas as informações sobre a região e vizinhança. Por exemplo, clientes com um estilo de vida mais calmo, vão gostar de saber que a região é tranquila. Clientes com dificuldades de locomoção, vão gostar de saber que existem cafés, supermercados e farmácias por perto. Clientes que utilizam transportes públicos, vão gostar de saber que a paragem de autocarro fica em frente ao bloco de apartamentos e clientes com filhos pequenos, vão gostar de saber que existem escolas nas redondezas… Percebeu a ideia? Focar-se nos interesses do público-alvo para depois usar informações sobre a região para despertar a imaginação dos clientes e fazer com que associem um possível cenário à qualidade de vida que procuram.

7. Crie anúncios online e offline

Desde que adequados ao público-alvo, quer os anúncios de imóveis online quer os anúncios offline, são fundamentais para atrair potenciais clientes. Em sites, landing pages, portais imobiliários, redes sociais, imprensa, rádio, televisão, flyers, feiras e outros eventos presenciais… vale tudo para divulgar as propriedades que tem em carteira e por isso convém tomar nota também do passo a passo para elaborar um bom anúncio de imóvel:

Título

O título do anúncio de imóvel é o elemento mais importante porque é ele que vai atrair (ou não) o cliente, pelo que se não for suficientemente informativo, objetivo e persuasivo para se destacar, não consegue atingir os objetivos! Logo, não use títulos genéricos como “apartamento T3”. Prefira algo do género: “apartamento de luxo em Faro”, “moradia familiar com piscina” ou “apartamento moderno a 5 minutos da praia”.

Resumo

Depois do título, que deve ser acompanhado pela fotografia principal do anúncio de imóvel, escreva um resumo com os pontos fortes da casa. Por exemplo: “apartamento de luxo com 3 quartos, casa de banho com jacuzzi e vista incrível sobre a Ria Formosa, localizado numa zona tranquila (…)”

Descrição

A descrição de imóvel é a parte do texto mais extensa onde deve falar das principais características da casa e da região, com toda a transparência: número de quartos e casas de banho, tamanho da sala, funcionalidades da cozinha, garagem, vista, localização, condomínio, piscina, espaço exterior, infraestruturas, acessos, etc.

E muita atenção porque o grande segredo de qualquer apresentação de imóvel, é o foco na venda de um sonho ou de uma experiência, mais do que na venda de uma casa!

Preço

A seguir não se esqueça de colocar o principal, na ótica do comprador: o preço do imóvel!

Fotos

Adicione várias fotos de qualidade e com boa definição ao seu anúncio de imóvel para mostrar sem artifícios todas as divisões da casa e alguns cenários exteriores.

8. Surpreenda o cliente com serviços extras

O cliente ficou satisfeito com a apresentação de imóvel para venda? Então imagine como se vai sentir se descobrir que ainda tem serviços extras? Parceria com uma empresa de mudanças ou loja de decoração, por exemplo, ou desconto em obras de remodelação? Tire todas as cartas da manga e apresente diferenciais que possam agregar valor ao imóvel… e boas vendas!

luis horta marketing digital

Sobre Luís Horta

Luis é o fundador e CEO da Webfarus. É professor no Ensino Público Português há mais de 25 anos. Ajudou a criar e a desenvolver mais de 700 negócios em diferentes áreas, ao longo da sua carreira.

Leia Ainda

outros artigos do seu interesse